Quase 700 mil brasileiros estão em tratamento antirretroviral contra o HIV

Segundo o Ministério da Saúde, os números equivalem a 81% das pessoas diagnosticadas com HIV no país.

Cognys

  • 02/12/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
"Segundo especialistas, ainda que se observe um arrefecimento, a situação ainda preocupa, visto que os registros de óbitos pela doença continuam". (Fonte: iStock)

De acordo com o Ministério da Saúde,o Brasil tem 694 mil pessoas em tratamento antirretroviral contra o HIV. Somente neste ano, 45 mil novos pacientes iniciaram o tratamento contra o vírus. Ainda segundo a pasta, esses números equivalem a uma cobertura de 81% das pessoas diagnosticadas com HIV no país. É válido ressaltar, contudo, que 95% do total de pacientes em tratamento já não transmitem mais o vírus por via sexual, isso porque, no decorrer do tratamento, atingiram a carga viral suprimida, ou seja i=i (indetectável).

"Segundo especialistas, ainda que se observe um arrefecimento, a situação ainda preocupa, visto que os registros de óbitos pela doença continuam", alertou o Ministério da Saúde. Em 2020, foram 10.417 mortes por aids contra 10.687 no ano anterior – uma queda de apenas 2,52%. Nesse contexto, o MS deu início a campanha “Prevenir é Sempre a Melhor Escolha”. O objetivo é conscientizar sobre a importância da prevenção do HIV e atuar fortemente no diagnóstico e no tratamento, especialmente entre os jovens. 

Conforme aponta a pasta: "É importante quebrar mitos e tabus, esclarecendo que as pessoas que vivem com HIV não transmitem a doença das seguintes formas: masturbação a dois; beijo no rosto ou na boca; suor e lágrima; picada de inseto; aperto de mão ou abraço; sabonete, toalha, lençóis; talheres e copos; assento de ônibus; piscina; banheiro; doação de sangue; pelo ar".

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
hiv
fonte: Correio Braziliense