COVID-19: Pfizer já começa a desenvolver vacina contra variante ômicron

A empresa afirma que é uma medida de precaução caso o imunizante atual não consiga conter a nova variante.

Cognys

  • 30/11/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
A variante ômicron é "altamente transmissível" e demanda "ação urgente", apontaram os ministros da saúde do G7. (Fonte: iStock)

Nesta segunda-feira (29), Albert Bourla, CEO da Pfizer, divulgou que o laboratório já vem trabalhando desde sexta-feira (26) em uma versão inédita de sua vacina anti-COVID contra a nova variante ômicron. Conforme aponta o executivo, trata-se de uma medida de precaução caso o imunizante atual não dê conta de conter a nova variante. 

O grupo tem capacidade para produzir quatro bilhões de doses da vacina à base de RNA mensageiro no próximo ano, segundo apontou Bourla. Além disso, o laboratório Moderna também divulgou sua intenção de desenvolver um reforço específico para a ômicron.

A variante ômicron é "altamente transmissível" e demanda "ação urgente", apontaram os ministros da saúde do G7 nesta segunda-feira (29) após reunião de emergência convocada por Londres. O G7 também se comprometeu a "continuar a trabalhar em estreita colaboração com a OMS e parceiros internacionais para compartilhar informações e monitorar a ômicron".

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
covid19
pfizer
variantes
fonte: UOL