Cientistas criam chiclete capaz de diminuir a concentração do SARS-CoV-2 na saliva

O chiclete consegue agarrar as partículas do coronavírus e diminuir sua concentração na saliva do paciente infectado.

Cognys

  • 24/11/2021
  • 0
  • 0
  • 0
Favoritar
Os cientistas coletaram amostras da saliva de pacientes e verificaram que o vírus havia se ligado à proteína do doce. (Fonte: iStock)

Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, criou um chiclete especial que pode ajudar a diminuir a concentração do SARS-CoV-2 na saliva. Segundo a publicação feita em periódico científico, são incluídas na produção da goma de mascar cópias de uma proteína da superfície da célula chamada ACE2, que o vírus usa como porta de entrada para infectar a célula.

Usando esse mecanismo, o chiclete consegue agarrar as partículas do novo coronavírus e diminuir a quantidade do patógeno dentro da boca do infectado. Os cientistas, em laboratório, coletaram amostras da saliva de pacientes e verificaram que o vírus havia se ligado à proteína do doce. O resultado foi uma diminuição superior a 95% da carga viral nas amostras pesquisadas.

Os pesquisadores afirmam que o uso da goma de mascar para diminuir a carga viral na saliva ajudaria significativamente a aumentar o benefício das vacinas, além de ser particularmente útil em países onde os imunizantes ainda não estão disponíveis ou acessíveis, uma vez que os custos são baixos.

Link da notícia completa, clique aqui.

COGNYS
MEDICINA
pesquisa
covid19
chiclete
fonte: R7